Estados Unidos deve investir R$ 484 bilhões para financiamento do transporte público

Enquanto no Brasil, o auxílio para o setor de transporte público, de R$ 4 bilhões, para ajudar o setor a enfrentar a crise acelerada pela pandemia, foi vetado pelo presidente e pela Câmara dos Deputados, nos Estados Unidos, foram aprovados R$ 3,5 trilhões (US$ 621 bilhões) para a recuperação do transporte público, estradas, pontes, ferrovias, portos, hidrovias, aeroportos e veículos elétricos.

O presidente dos EUA, Joe Biden, em discurso no dia 31 de março, anunciou um pacote de cerca de US$ 2 trilhões de investimentos, algo em torno de R$ 11,35 trilhões.

Os recursos serão destinados para investimentos em infraestrutura.

Para o transporte público, o plano é investir US$ 85 bilhões (R$ 484 bilhões), o dobro do financiamento federal atual, na modernização e ajudar as agências de transporte a expandir seus sistemas para atender à demanda.

Outros US$ 80 bilhões (R$ 455 bilhões) iriam para resolver o acúmulo de reformas da Amtrak, empresa estatal federal de transporte ferroviário de passageiros, e modernizar a linha do Corredor Nordeste entre Boston e Washington DC, bem como para conectar mais cidades. Além disso, pretende-se canalizar US$ 25 bilhões (R$ 142,3 bilhões) para aeroportos e outros US$ 17 bilhões (R$ 96,8 bilhões) para hidrovias, portos e balsas.

Os investimentos também irão acelerar a mudança para a eletromobilidade no país, com um investimento de US$ 174 bilhões (R$ 986 bilhões) no mercado de veículos elétricos.

Isso inclui dar descontos e incentivos fiscais aos consumidores para que possam comprar veículos elétricos feitos nos Estados Unidos, além de estabelecer programas de subsídios e incentivos para construir uma rede nacional de 500 mil estações de recarga até 2030.

Além disso, substituiria ainda 50 mil veículos a diesel e eletrificaria pelo menos 20% dos tradicionais ônibus amarelos do transporte escolar.

fonte

Estrada União e Indústria, 1135 – Roseiral – Petrópolis – RJ || CNPJ.: 31.134.851/0001-50 Insc.Est. isento Tel.: +55 24 2104-7172